28 de setembro de 2016

IV Festival da Música Brasileira



Acontecerá nesse sábado, dia 22 de Outubro de 2016, o IV Festival da Música Brasileira (FMB) organizado pela Universidade Cultural. O tema deste ano é PSICODELIA (do grego psique: alma e delein: manifestação) que tem como características centrais a loucura, a subjetividade e as alucinações. O movimento psicodélico teve início em meados dos anos 60 e influenciou artistas brasileiros como Tom Zé, Rita Lee, Caetano Veloso e Gilberto Gil.

A quarta edição da FMB trará como atrações musicais as bandas:
  • PEDRO BALA E OS HOLOFOTES:
Após dois anos de hiato, Pedro Bala e os Holofotes está de volta com nova formação e novas músicas. Alfredo Paiva chega a banda para somar com os membros remanescentes da primeira formação Mateus Cursino e Fernando de Paula. O Pedro Bala já está em fase de produção de uma novo compacto gravado no Estúdio do Quinho com produção de Márcio Matos.

Formada em 2009 em Paraisópolis, sul de Minas Gerais, o grupo se inspirou em Pedro Bala um dos personagens principais de "Capitães de Areia", livro clássico da literatura brasileira do autor Jorge Amado, na hora de definir o nome da banda. No inicio de 2016 a banda fechou contrato com o selo independente australiano “Burn the Lizard” que resultará em uma compilação de oito faixas que serão disponibilizadas nos principais serviços de streeming.
Conheça o som da banda no SoundCloud: https://soundcloud.com/pedrobalaeosholofotes
  • PROJETO BALAIO:
A junção de algumas pessoas chave e projetos em comum: Rubão Rubão junta-se com A Incrível Fábrica de Músicas, com mais elementos diferenciados e experimentais, para uma existência artística mais ampla, além de musicais e sonoras, buscando uma experiência holística dos sentidos e emoções.

Projeto Balaio: tudo que se cabe dentro de um; a junção de várias estruturas diferentes com vertentes desiguais; jardins de arames farpados, coloridos.
Conheça o som da banda no SoundCloud: https://soundcloud.com/projetobalaio-481861080
  • RICARDO VIOLA & ORQUESTRA VERY UAI:
O trabalho musical do compositor e flautista Ricardo Viola, descendente de italianos que fixaram-se Lambari, no Sul de Minas Gerais, mescla elementos de música ritual afro-mineira a formas musicais contemporâneas como jazz e rock, além de influências celtas, indígenas e africanas, buscando pontos em comum entre estas formas musicais, a partir daí produzindo musica original e característica, juntando timbres acústicos e elétricos. 
Celebrando esta integração de formas, lançou no final do século XX o CD Companhia Mantiqueira, alternando músicas com letra e temas instrumentais, divulgando o trabalho de forma independente através de canais alternativos no Brasil e na Europa. Com esta obra foi selecionado como um dos representantes de Minas Gerais no Programa Rumos 2000, do Instituto Itaú Cultural, e teve temas incluídos na trilha sonora do programa Globo Repórter, da TV Globo. No momento, está em trabalhos de gravação de novo CD, Flauta & Etc, mais focado na música instrumental.

O festival tem início às 16 horas ao lado do Poliesportivo da UNIFEI e é GRATUITO! 
Venham participar! Tragam suas cangas, água e, principalmente, os amigos!
Para mais informações acesse:

Nenhum comentário:

Postar um comentário