5 de abril de 2013

Conheça os oficineiros do #AgoraVai


Conheça um pouco do trabalho dos oficineiros que estarão ministrando as oficinas deste sábado no #AgoraVai!

Oficina de Dança Contemporânea
às 17h no Instituto Mantiqueira de Música e Arte
Com Amanda Santos



Oficina de Dança Contemporânea, mesclando-se técnicas para que haja interação entre o público ja experiente e o que pouco teve contato com a dança. Utilizando-se princípios de contato, peso, contra-peso, técnicas básicas de chão e domínio de dinâmicas durante o movimento. Visa-se o aperfeiçoamento do controle de tônus muscular e consciência corporal, para estimular nos participantes a pesquisa de uma dança orgânica e poética.

Sobre a oficineira: Formada em Artes Cênicas pela Faculdade Paulista de Artes (FPA) de São Paulo (SP). Possui completo o nível elementar de Ballet Clássico da Escuela Nacional de Ballet de La Republica de Cuba. De 2004 a 2006, foi responsável por coreografias e direção de espetáculos de Dança e Teatro, pelo Projeto Municipal de Jundiaí “Circolando nas Escolas”. Em São Paulo, teve aulas de Jazz com Edy Wilson e Roseli Rodrigues; de Ballet Clássico com José Ricardo Tomazzeli, Márcio Rongeti, Eduardo Bones, Jorge Peña, Aurea Ferreira, Décio Otero e Márika Gidali; de Contemporâneo com Andrea Pivatto e Eduardo Menezes; e de Release Ballet com Lourenço Homem. Integrou o Grupo Kadwah, sob direção de Edy Wilson e em 2009 foi assistente de aulas e trabalhos coreográficos de Roseli Rodrigues e Edy Wilson, no Raça Centro de Artes. Em 2010, foi selecionada em audição para o trabalho coreográfico contemporâneo de Gary Jeter, integrante da Complexions Contemporary Company (New York, EUA), onde teve aulas com Clifford Williams, Dwight Rhoden, Jae Man Joo, Christina Johnson, Juan Rodriguez, Sabra Perry, Robert Atwood, Desmond Richardson e Max Stone. Em 2011, trabalhou como atriz e dramaturgista no Coletivo MásCaras de Teatro. De 2010 a 2012 dançou no Ballet Stagium, sob direção de Márika Gidali e Décio Otero. Integra o elenco da Cia Borelli de Dança – Carne Agonizante, desde Dezembro de 2012.




Oficina de Teatro
às 13h30 no Instituto Mantiqueira de Música e Arte
Com Welington Gomes Batista



Qualquer um pode fazer teatro?

Existem aqueles que pensam que para trabalhar com teatro é obrigatório ter um talento nato e por acreditarem que não possuem se sentem desestimulados a buscar esta arte. Mais a verdade é que o elemento fundamental para um ator é a vontade de aprender.
Assim se você é daqueles que se sentem tímido e com pouco “jeito” para o teatro essa oficina é para você, agora se você já mexe com esta arte e se sente a vontade em cima de um palco esta oficina também é para você.
Durante as três horas de oficina serão expostos desde os elementos fundamentais até aspectos técnicos para uma boa interpretação.
Estimule sua vontade de aprender e venha participar, pois o teatro possui a capacidade de transformar.

Sobre o oficineiro: Começou a trabalhar com teatro quando morava na cidade do Rio de Janeiro. Em Minas participou do grupo teatral ARTEVIDA na cidade de piranguinho onde trabalhou como ator e diretor. Foi professor de teatro no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil em 2008. No ano de 2012 foi oficineiro de teatro no Projeto Viração na cidade de Piranguinho em parceria com o programa PROJOVEM do governo federal. Fundou junto com quarenta pessoas uma Associação de Cultura chamada VIRAÇÃO onde participa como vice-presidente.




Oficina de Circo e Malabares
às 14h no Diretório Acadêmico UNIFEI
Com Marco Antonio



Abordaremos nesta oficina as principais vertentes das artes circenses, que são divididas em cinco grandes grupos, e veremos como estas influenciam os espetáculos de circo atualmente. Posteriormente faremos uma sequência de treinos malabarísticos integrativos entre os presentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário